31 agosto, 2017

#21Lições: 18ª - João

Olá a todos,
João nos traz a maior lição de servidão na Bíblia.

Ao ser chamado por Jesus, estava entre os primeiros discípulos, e foi chamado pelo Messias como “filho do trovão”. O que Ele realmente queria dizer com isso, não se sabe. Mas, no decorrer da história, vemos que ele era sempre um dos mais próximos de Jesus. Era escolhido para estar junto dEle nos momentos em que todos os outros não estavam. Na cura da filha de Jairo, ele estava lá. No Getsêmani, também estava lá.

Porém, João ainda não estava moldado. Seu jeito era impulsivo, tinha uma personalidade forte e era um tanto egoísta, como vemos quando ele pediu a Jesus para sentar a Sua direita nos Céus.
Só que aquele João que largou as redes para seguir ao Senhor, ainda era o mesmo. A cada vez que errava e era duramente repreendido na frente de todos, ele aprendia.  Era desprovido de orgulho, e muito simples e humilde para aprender com Jesus.

Isso é provado quando vemos que em seu próprio livro, ele não fala de si. Não vemos o nome “João”, citando a si mesmo. Vemos apenas: “um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava” . No início de seus livros, João e I João, ele inicia falando única e exclusivamente do Senhor Jesus.

A vida dele era Jesus. Ele foi o único que foi até o calvário junto do Salvador, foi o que cuidou de Maria como mãe, e aquele que correu mais depressa do que todos para chegar até o sepulcro. 
Após a descida do Espírito Santo, já não havia mais desejos pessoais e egoístas, e sim aquele desejo lá atrás de servir, ainda mais intensificado pelo tempo.

De todos os discípulos, os quais foram extremamente importantes, a quem foi revelado o único livro que possui uma benção?
A João.


Lição: João é a personificação da palavra “longanimidade”, parte do fruto do Espírito Santo. Ele sofreu adversidades em prol do seu próximo e não de si. Tenha isso em mente quando uma luta vier: "vou vencer, para ajudar alguém, e não para me vangloriar". 
Image and video hosting by TinyPic

Nenhum comentário:

Comente ~